Exames hormonais salivares no auxilio ao ganho de massa muscular


A cerca de um mês realizei um exame maravilhoso que avalia o meu PERFIL ESPORTIVO. 
Um exame de testes hormonais realizados através do meu material salivar e que faz comparações entre os níveis dos principais hormônios e norteia treinamentos e tratamentos hormonais.

Que eu sempre tive uma mega dificuldade de ganhar massa magra e peso em geral nunca foi mistério rsrsrs... foi por isso que criei o blog Quero Ser Sarada. 

Ao longo dos anos, com médicos me acompanhando realizei exames de cortisol e testosterona que evidenciaram que essa dificuldade não era imaginária ou "genética", sim eu tinha cortisol alto e testosterona mega baixa. 

Neste ano comecei meu tratamento com Dr Diogo Antonielo e surgiu a solicitação de realizar este exame para que pudéssemos maximizar meus resultados e nortear o meu tratamento de uma maneira segura e mais clara possível.
Além de exame de intolerância alimentar tardia que foi essencial para a minha nova base alimentar (dieta) realizamos este exame que considero muito bom.

O laboratório LabVitrus de Porto Alegre que realizou. Eles enviam um kit por correio, com todas as instruções. É necessário coletar saliva pela manhã, logo ao acordar, depois no meio da tarde e também antes de ir dormir. após a coleta e armazenamento enviei novamente via sedex e em poucos dias ja recebi o meu resultado.
Bom, o resultado foi ruim... rsrsrs... uma pessoa com cortisol altíssimo (hormônio do stress) e com as relações entre os três hormônios analisados bem alteradas. 




Após analisar meus exames DR. Diogo passou informações como:

" Sua curva de cortisol mostra um cortisol noturno acima do ideal e isso pode induzir o catabolismo excessivo muscular noturno, os principais motivos de cortisol noturno alto, são insônia, uso de celulares e tablets e a prática de atividades físicas neste período. Provavelmente vamos precisar melhorar sua qualidade de sono.

Sua relação entre cortisol e DHEA está equilibrada ou seja, mesmo com picos noturnos de cortisol, seus níveis de DHEA são suficientes para gerar neuroproteção, já que o excesso de cortisol pode gerar dano em estruturas cerebrais quando o DHEA está em baixos valores.

A relação entre Cortisol e Testosterona mostra que você apresenta um potencial catabólico, que favorece emagrecimento e dificulta ganho de musculatura.

Devido a está situação hormonal você apresenta alto risco para overtraining, ou seja seu nível de treinamento pode gerar mais efeitos catabólicos do que anabólicos."

O mais engraçado na história é o alto risco de orvertraining apresentado no exame, sendo que o Leonardo Murara, meu personal fez minha periodização de exercícios muito bem feita e consciente, ja sabendo da minha facilidade em perder massa e dificuldade de aumentar peso magro. Atualmente treino pernas apenas 2x na semana, sempre no maximo 1 hora, superiores 1x na semana e faço aeróbios leves 1 ou 2 dias no máximo.  O que nos leva a crer num problema muito mais hormonal do que treino excessivo. Sou bem preguiçosinha inclusive. Nem perto dessa musas que passam 3 horas na academia e se matam no aeróbio. 

Resultado disto tudo? modulação hormonal super consciente e com embasamento, dieta nova e ficar ligada nas instruções do Dr Diogo sobre qualidade do sono, dormir mais e ser menos estressada. #oremos

Gostaram das dicas? 
Beijos amores 

Sigam também no instagram @greicybesen com muitas dicas e informações diariamente.



Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas e experiências.



Categorias

Visualizações

Arquivo