Sexo X Diálogo

            Hoje, quero falar de algo que, frequentemente, ouço de muitas mulheres.  Já é uma realidade: muitas companheiras tem dificuldade quando o assunto é relacionamento sexual. Penso que  por causa da ausência do diálogo, a situação se agrave. E claro, a falta da conversa, de um papo, de aproximação entre o casal, não afeta somente a área sexual, mas o restante do relacionamento conjugal. Contudo, nesse post vou focar no primeiro ponto citado.


         Sábias palavras de minha mãe, Cida Lopes: “se você não sabe se relacionar, não importa o que você sabe”. E isso é uma profunda realidade. Percebemos que o casamento tem se tornado uma "instituição falida", devido ao egoísmo das pessoas em não querer abrir mão do que pensa ou do que gosta de fazer. Você sabia que para acontecer uma separação, hoje em dia, basta ir a um cartório? E para casar temos que realizar vários “tramites legais”. Está mais fácil romper, "descasar", separar, virar cada um para seu lado. Não tem um relacionamento sexual com qualidade está também entre as causas de separação.


        Quando pensei em falar do tema, o meu desejo foi incentivar você, homem ou mulher, a “abrir o jogo”, seu coração, como ficar mais claro pra você entender! O outro do relacionamento, infelizmente, não consegue ler pensamentos e isso dificulta para entender seus anseios e o que você está se sentindo. Houve uma discussão? Resolva, não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje! Quase sempre em uma relação ninguém quer separar um tempo para “D.R. - discutir relação", porém essa atitude é a ponte para o sucesso na relação.  De acordo com um estudo da Universidade Estadual do Kansas (EUA), jovens adultos que discutem a relação com seus parceiros têm menor chance de aborrecimentos e estresse. Tendem a estar mais satisfeitos entre si.  
               
         O meu encorajamento não se atem somente ao convívio natural do casal, mas a um momento divino, de intimidade dos parceiros, falo de como manter um relacionamento sexual sadio.  Muitas mulheres não sabem o que é um orgasmo, pois não se sentem na liberdade de discutir com seus parceiros, se gostam daquela posição, se estão com vontade, se a ejaculação precoce do parceiro tem afetado esse momento - relevante enfatizar que existe tratamento. A mulher precisa se conhecer, entender seu corpo, como seu marido pode fazer algo que lhe satisfaça, se você mesmo não se conhece?  
       Por hoje é isso, se quiser me mandar algum email com sugestões ou dúvidas, fique à vontade: gabrieladiaspalestrante@gmail.com! Um grande beijo no coração e até o próximo post!!!



Gabriela Dias - Enfermeira Obstetra, 
Apresentadora de Tv e Palestrante
Comente pelo Blogger
Comente pelo Facebook
Comente pelo Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas e experiências.



Categorias

Visualizações

Arquivo